Testo


" O espírito se enriquece com aquilo que recebe;
o coração com aquilo que dá. "

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

quarta-feira, 3 de maio de 2017

A LINGUAGEM DO CORPO (CRISTINA CAIRO)-3ª parte

 


Ânus
Problemas nessa região significam a ansiedade extrema na busca da liberdade; o desejo louco de se libertar do passado e das coisas que lhe fazem mal; uma extrema exaltação dos sonhos dessa mudança ou transformação de vida, ou uma ansiedade dolorida de querer apressar secretamente as mudanças.
Tente libertar-se serenamente das coisas e das pessoas que são inúteis.
Para que se culpar por se sentir diferente em determinados ambientes? Apenas respeite o seu verdadeiro jeito de ser.
Deixe a liberdade chegar naturalmente, adequando-se a cada situação em que for vivendo.
(...) Quanto mais você tiver certeza do que quer e coragem de dizer não, com decisões firmes e sem arrependimentos, mais estará compreendendo o que é liberdade. Isso serve para suas próprias decisões na busca de um objetivo.

Hemorróidas
Estão estreitamente ligadas à resistência mental.
Aparecem mais freqüentemente em pessoas de temperamento irascível, implicante e normalmente naquelas que reclamam da comida.
O que faz com que as hemorróidas se saturem e se rompam são os sentimentos de opressão frente aos fatos, a sensação de fazer coisas que o desagradam, a falta de vontade de querer deixar que as coisas aconteçam de forma natural e medo de “soltar” da mente certos fatos do passado. Então, quando ocorrem problemas nas hemorróidas, o inconsciente está querendo mostrar à pessoa que ela está resistindo a algo e tem medo.

Útero
Simboliza a criatividade e o relacionamento conjugal. Quando uma mulher é dependente de alguém que a tolhe em sua criatividade e é obrigada a deixar de fazer o que gosta, e do jeito que gosta, seu útero reage com dores, atraso menstrual, etc. Se ela vive alimentando sentimentos de mágoa contra o marido e vive “engolindo” os “nós” da garganta para manter seu relacionamento, adquirirá nódulos e cistos nos ovários e no útero. Quando o casal vive em desarmonia e a mulher se anula para “alcançar” o marido, podem aparecer, além de nódulos, dores, cistos e infecções difíceis de se curar. A mulher pode transformar o sentimento de raiva pelo parceiro, ou a sensação de ser usada por ele, em vaginite e até em doenças venéreas, dependendo do seu grau de ressentimento ou da falta de amor próprio.
Mágoas arrastadas por muito tempo, pelo fato de ela ter sido traída ou abandonada, provocam câncer uterino como autopunição ou vingança contra o marido. O câncer uterino também pode se formar a partir de um sentimento de impotência e anulação que a mulher carregou durante anos de sua vida.
O atraso menstrual, por sua vez, significa que a mulher está negando, de alguma forma, sua própria feminilidade. Por exemplo, com medo de se entregar ao amor, arruma desculpas: excesso de trabalho, preconceitos e até doenças. Isso faz com que seu fluxo menstrual seja bloqueado, simbolizando o “não permitir-se ser mulher”.
(...)
Se você quer apenas vingança, então vai sofrer muito pela sua auto-escravização e criará uma doença para imobilizar a pessoa “alvo”, o que quer dizer que você, inconscientemente, manterá junto de si a pessoa de quem você quer se vingar ou de quem quer amor. Saiba que, pela medicina chinesa, quando alguém provoca câncer em qualquer parte do corpo isto significa vingança, raiva e o desejo de criar uma situação complicada dentro do lar, onde aquele que a fez sofrer estará sentindo-se preso e obrigado a dedicar uma atenção que antes negava.

Órgãos sexuais
Vaginite
Simboliza o relacionamento amoroso. Se seu coração estiver cheio de desconfianças de traição; se nutrir raiva do companheiro pelo fato de ele estar dando maior atenção aos negócios do que a você; se sentir vontade de traí-lo para vingar seu orgulho ferido ou devido à carência afetiva que ele lhe provoca, certamente conseguirá somatizar inflamações dolorosas como prova de sua insatisfação.
Muitos casos de vaginite ocorrem simplesmente pelo fato de a mulher estar com muita raiva do cônjuge (ou namorado) por que ele está sempre “distante”. Essa inflamação não ocorre necessariamente após praticar o ato sexual.
Certas mulheres com este tipo de somatização procuram imediatamente um médico a fim de se certificarem se adquiriram a moléstia por falta de higiene, pela alimentação inadequada ou se - e esta é a maior preocupação - foram contaminadas pelo marido que se infectou em aventuras extraconjugais.
Como desencargo de consciência, procure um médico, mas não se esqueça de analisar seus sentimentos “mais secretos” em relação ao seu parceiro. Tente o máximo de reflexão e descubra que o mal que a aflige é a insatisfação e a raiva.
Se você tiver que escolher entre duas pessoas e não conseguir se definir, seu corpo responderá com qualquer tipo de inflamação na vagina.(...) Cada pessoa tem uma opinião diferente da outra e muitas vezes essas opiniões são maldosas porque quem as tem nunca foi feliz com um parceiro.

Os meios de comunicação são os maiores responsáveis pela descrença na fidelidade, pois através de novelas, filmes e noticiários é provocado um certo desencanto, principalmente nas mentes das mulheres. As jogadas sensacionalistas são muitas vezes fabricadas de uma forma distorcida, para aguçar a fantasia do ego, que precisa de sensações fortes para se satisfazer. Com isso as mulheres dão asas à sua imaginação, transferindo todos os “problemas” da televisão para o seu próprio mundo e causam discussões dentro de casa, uma vez que o medo e conflito começaram a dominar seus pensamentos. Mesmo sabendo que os “problemas” existem apenas no roteiro da novela, o ser humano diariamente é influenciado pelas informações que penetram em seu subconsciente e passam a fazer parte de sua realidade. É assim que, coletivamente, as pessoas vão se tornando negativistas e assustadas com o mundo e vão gerando cada vez mais desconfianças.

Ame-se acima de tudo, aprenda a viver consigo mesma sem conflitos e sem angústias e evite conversas do tipo “marido infiel”, pois elas são sempre um veneno a mais em seu subconsciente. Seja segura e feliz com seu amor e torne-se uma pessoa grata, meiga e sábia que ele lhe corresponderá com carinho e fidelidade. Fidelidade é conseqüência de mentes e corpos em harmonia e não pode ser cobrada, mas sim, conquistada.
Tenha em mente que você deve aprender, em primeiro lugar, que ninguém tem o poder de nos fazer nem felizes nem infelizes. Nós é que nos permitimos ser felizes ou não. Ninguém tem a obrigação de nos dar o que queremos e sim nós é que devemos nos agradar e saber impor respeito com carinho e firmeza.

Próstata
Representa a masculinidade.
O homem que sente que sexualmente não é mais importante para a mulher e não recebe qualquer elogio sobre sua masculinidade, passa a ter medo de não agradar mais. É envolvido por um sentimento de culpa e sente-se pressionado a desistir.
Quando o homem vive um relacionamento conjugal em constante conflito e a mulher tenta ser completamente independente, seu inconsciente o “avisa” que sua virilidade está em jogo.
Problemas na próstata simbolizam revolta contra as mulheres, ou contra uma determinada mulher. O câncer na próstata é chegar ao extremo do desespero da auto-afirmação e “vingança” por estar sendo humilhado e magoado pela mulher.
O homem necessita de uma mulher que o compreenda e o incentive sempre, caso contrário passará a se deixar levar pela crença de que, ao avançar da idade, diminuirá sua potência sexual.
Livre-se da dependência de precisar ouvir que você é bom e acredite, por si só, nessa realidade.

Pulmões
Simboliza a ansiedade (ânsia) de viver, bem como um espírito de crítica, agressão e repulsa...
A pessoa que está sofrendo com problemas nos pulmões demonstra que seu motivo maior de vida está bloqueado e que sua luta está sendo em vão. Vê seu castelo desmoronar e, como ela está cansada de sustentar o peso da amargura, sua respiração torna-se ofegante.

Pneumonia
Significa desespero secreto, mágoa profunda e falta de coragem para continuar.

Ria de tudo! Ria pra valer e não tenha medo da superstição criada em cima do excesso de riso. (...) se todas as pessoas aprendessem a deixar de esperar “coisas e atitudes” dos outros, todos estaríamos vivenciando a verdadeira paz de espírito.

Tuberculose
A tuberculose nada mais é que o peito dolorido por causa de preocupações. Significa uma mente que fica preocupada e aflita e acaba acumulando as angústias e tristezas no peito, fazendo com que esta parte do corpo fique enfraquecida.

Espiritualize-se para o lado positivo e dilua dentro de você a falsa crença de que o homem nasceu para sofrer. Nós somos responsáveis, direta ou indiretamente, pelas coisas que nos acontecem, porque somos livres para opinar. Use seu livre-arbítrio para corrigir sua conduta e não a dos outros.

Bronquite
Ocorre em famílias extremistas, que mantém as emoções desequilibradas. Muitas vezes estão todos em paz e quietos e, de repente, começam os berros e os conflitos sérios.
(...)
Quando a desarmonia conjugal é grande, os membros da família passam a ter problemas respiratórios.
Em relação aos filhos, quando a mãe tem profunda crise de ciúme do marido, essa vibração de desarmonia faz com que um dos filhos tenha crises de bronquite como reflexo de seu comportamento mental.
Repito que os filhos até sete anos de idade são influenciados pela mente da mãe e, a partir dessa idade, até aos quatorze anos serão influenciados pela mente do pai. Os orientais conhecem a sabedoria da natureza humana. Sabem que as relações humanas começam pelo sistema inconsciente e depois passam a ser visíveis através do consciente. Portanto, as mães devem tomar muito cuidado para não transferirem aos filhos menores todas as suas angústias, temores ou doenças.

Bronquite asmática nas crianças
Doenças nas crianças são reflexos das “doenças” psicológicas dos seus pais ou protetores, o que quer dizer que os conflitos que os responsáveis pelas crianças carregam é que fazem surgir nelas a somatização das doenças.
É muito difícil fazer com que os pais reconheçam esse fato, pois eles acabam achando que estão sendo atacados e que o problema é devido a algum fator climático, genético, alimentar ou congênito. É mais fácil acreditar nisso porque assim a responsabilidade não pesa sobre os seus ombros! Às vezes, ser cético é apenas uma questão de comodismo e conveniência.

Asfixia
Demonstra que a pessoa não está “respirando” como queria. Sua infância fala mais alto dentro de seu coração e ela não consegue crescer porque sente medo do “mundo grande”. Não se sente amparada para crescer e suas verdades não acompanham as de seu crescimento.
(...)
Relaxe e acredite somente nas coisas boas, pois o mal e a opressão estão dentro da imaginação das pessoas e elas é que os tornam realidade.
É muito bom crescer, pois é assim que eliminamos definitivamente as posturas de vítimas, de sofredores, de abandonados, de fracos, etc., e passamos a ter uma postura forte e sábia perante os obstáculos em nossos caminhos. Saiba que crescer é poder usar os pensamentos e a liberdade à nossa maneira para, inclusive, sermos crianças no momento em que quisermos. Ser criança é continuar a amar, sorrir, brincar com a vida, sonhar e realizar todos os nossos planos, sem interferência da vaidade ou do orgulho. Cresça para poder ser criança a vida toda. Liberte-se do falso” medo, que é criado pela falta de orientação. Respire a vida e oxigene suas idéias.

Estômago
Simboliza a forma como assimilamos a vida e como digerimos as idéias.
Na Bíblia está escrito: “Não é o que entra pela boca que contamina o homem, mas o que sai dela”.
As pessoas que reclamam da vida, resmungam o tempo todo, demonstram pessimismo, sempre dão seu “contra” antes de aceitar uma idéia, reclamam dos vizinhos, dos filhos, do marido, da esposa, acreditam no pior, etc., são as que provocam fortes dores no estômago, como projeção de uma “indigestão” mental.

Pare e analise seu comportamento. Deixe de lado o seu costume de analisar o comportamento das outras pessoas. Seja sincero consigo mesmo e reconheça que sua teimosia é do tamanho das suas dores de estômago.
Exatamente por você ser uma pessoa extremamente responsável, criativa, eficiente, cautelosa, perfeccionista e sensível, é que acaba entrando em atrito, às vezes secretamente, com pessoas que não pensam como você.
Aprenda a ser mais tolerante e compreensivo, pois nem sempre a sua verdade é a verdade dos outros. O que você acha que é certo, pode não ser certo para outras pessoas, e o que lhe causa tristeza pode ser considerado por outras pessoas apenas exagero de sua parte. Saiba compreender o mundo alheio e tente, pelo menos, respeitar as opiniões e desejos que são diferentes dos seus.

Gastrite
É o sinal das incertezas arrastadas por muito tempo. Você precisa ser compreendido, amado, confortado e ajudado. Isso é maravilhoso, mas na prática não cai do céu. Ajude-se, primeiro, decidindo sua vida, pois ninguém pode passar por situação alguma no seu lugar. Sinta-se livre para agir e acontecer.
(...)
Perca o hábito de acreditar que sua alimentação é que está errada, ou que, eternamente, você terá de manter uma dieta especial devido à gastrite. Quanto maior for o seu medo de comer, mais o alimento lhe fará mal. Alimente-se com amor e gratidão e permaneça em paz profunda quando estiver almoçando ou jantando. Afaste os tumultos de seus sentimentos e pensamentos na hora da refeição. Seu estômago apenas sofre as conseqüências dos desequilíbrios emocionais.
(..)
Preste mais atenção em suas frases e sua conduta e corrija-se imediatamente, porque senão a sua conduta acomodada pode fazer com que a sua gastrite se transforme em úlcera.

Úlcera
O importante a saber é que, quanto mais nos sentirmos gratos pelas coisas simples da vida, mais saúde teremos em reconhecimento ao fluxo energético da Natureza.
Agradeça o alimento que está em seu prato e jamais o coma com raiva ou desprezo.

Enjôos
Representam todo o medo que você sente do caminho que está seguindo: medo de perder o próprio controle e de sentir que está totalmente impossibilitado de ser você mesmo. Os enjôos externam uma sensação de prisão, a necessidade de se contrariar para evitar conflitos conjugais, familiares ou até mesmo com amigos e colegas.
Quando a nossa mente inconsciente percebe uma situação propícia, provoca o enjôo para alertar a anulação dos nossos desejos.

Enjôo em carro
Significa que você realmente não quer estar ali onde está, nem ir para onde vai. Reflita: tudo tem explicação. Talvez, antes de entrar no carro, você pode ter sido contrariado de alguma forma e talvez a sua mente esteja resistindo à idéia de estar bem em relação a alguma pessoa que está no carro com você, ou com quem você irá se encontrar.
Nossa mente costuma fazer associação de idéias. Pode ser que você tenha sofrido algum trauma ou alguma decepção profunda relacionada com um carro e o seu subconsciente o lembrará disso, sempre que andar de automóvel.

Enjôo no mar
Será que seu estômago está agüentando essa situação de estar “confortavelmente” infeliz? Veja se você está feliz com sua situação atual e observe se essa situação não está diretamente ligada a alguém que está no mesmo barco que você.
Sempre que nos contrariamos profundamente, geramos enjôos para justificar o desprazer.
Se, também, o seu medo da morte for maior do que a vontade de navegar, sua mente, de alguma forma, o levará para fora do barco.
(...)
Passear de barco deve causar prazer e não criar uma situação de angústia e desespero. Você só deixará de sentir enjôos num barco quando aprender a respeitar suas vontades ou quando se harmonizar com as pessoas que o acompanham, olhando o lado positivo de suas atitudes.

Enjôos na gravidez
(... )
Quando uma mulher sente indisposição durante a gravidez e sente vontade de vomitar é porque nutre raiva ou rancor em relação a alguém da família. Procure harmonizar-se com todas as pessoas em sua casa e reflita se está mantendo resistência contra seu marido, por achar que ele não lhe dá a atenção necessária. O nenê corre o risco de ser abortado quando a mãe guarda esses ressentimentos contra o marido, contra a sogra, mãe, cunhados e, até, por ter insegurança quanto ao futuro.
No caso de hiperênese (vômito excessivo), a gestante deve imediatamente perdoar a família do marido e sua própria família, pois está gerando o medo de continuar grávida por não querer que seu filho faça parte de uma família que a magoa.
(...)
Avalie se essa gravidez não estaria ocorrendo num momento importante de sua vida: parar de estudar ou de trabalhar, por exemplo, durante a gestação a atemoriza. Ou não seria pela provável perda de sua beleza física?
(...)
Reflita e acredite: a maturidade ajudará você a ter seu filho sem mudanças desastrosas em sua vida, mas sim, mudanças maravilhosas. Não rejeite seu novo mundo!

Azia
Azia é medo! Puro medo! Pergunte-se: Medo de quê?
Vamos tentar descobrir. Você não estaria para assumir um grande negócio? Ou, talvez, tenha de tomar alguma decisão muito importante? Você já tomou uma decisão e agora vai ter de assumir as prováveis conseqüências, certo? Ou será que a sociedade comercial na qual você toma parte está para ser dissolvida e você vai ter que encarar tudo sozinho? Ou você, por algum motivo, vai ter que deixar de fazer aquilo que você mais gosta? Ou você está com medo de, finalmente, ter que falar com alguém e “abrir o jogo”? Será que você não está prestes a ter de discutir um assunto desagradável com determinada pessoa? Você pode até estar com medo de voltar a fazer aquilo de que não gosta.

Rins
São o filtro das emoções em relação ao futuro.
As pessoas que se sentem inseguras quanto ao futuro e temem naufragar nas passagens da vida entregam-se a pensamentos tensos provocando dores agudas nos rins.
Se você acredita realmente nas “pedras do seu caminho”, como reflexo dessa sua crença, crescerão pedras em seus rins.
O medo do futuro, retido em seu coração, reterá também a água do seu corpo, que simboliza o fluxo da energia vital.
As críticas que você faz são geradas por sua própria insegurança. Portanto, procure olhar os problemas como forma de aprendizagem e não como injustiças contra você.
Quando achamos que alguém está nos prejudicando, esquecemos que essa pessoa também pode estar se defendendo ou se precavendo de nós. Se roubaram as suas idéias ou coisas materiais, isso foi devido ao fato de seus pensamentos estarem em constante aflição e defesa e atraírem exatamente aquilo que você temia, mesmo quando você estava aparentemente tranqüilo, pois o que vale é a sua crença secreta.
Enquanto você estiver se defendendo mentalmente contra esse tipo de medo, os fatos continuarão a acontecer, como se você fosse perseguido pelo azar.
(...)
Cada um tem sua verdade. Carregue a sua sem guerras.
(...)
O mundo é de todos!

Diabetes
O acúmulo de muitos golpes contínuos, como amor perdido, frustrações financeiras, traições, faz com que a pessoa se apegue àquilo que já passou porque, inconscientemente, não consegue se acostumar à realidade das perdas. Assim a pessoa arrasta uma profunda mágoa pelo que ficou no passado e sente que o “doce” da vida acabou. A partir de então, passa a temer o futuro porque sabe que o “gosto” dele pode ser amargo e a insegurança predomina em seu coração.
Quando você compreender que criamos nosso próprio destino, perceberá que aconteceram tantas coisas só porque você não aprendeu a controlar seus pensamentos.

Fígado
(...)
Pessoas que analisam a vida de forma rebelde porque têm registros de mágoa em seu passado, alimentam raiva constante e não aceitam determinadas ajudas, contrariam a verdadeira função do fígado.
A rejeição do amor, a ira dominante, o nervosismo expresso com crises de raiva, as críticas rígidas e crônicas, a atribuição dos sofrimentos pessoais às falhas dos outros e a não aceitação da necessidade de mudanças, repelindo furiosamente os revolucionários, são motivos de sérias lesões no fígado que, conforme a sua natureza, tenta processar tudo com organização e humildade.

Hepatite
(...)
Liberte-se do tem-de-ser-assim, pois tudo aquilo que impomos, a nós mesmos e aos outros, bloqueia o fluxo natural dos acontecimentos e causa desarmonia.

Alcoolismo
O alcoolismo não é tão difícil de curar. O difícil é fazer com que as pessoas entendam do que o alcoólatra precisa.
Não se sabe quem é mais teimoso: quem bebe ou quem implora ao alcoólatra que pare de beber.
(...)
Há pessoas que, quando bebem, dizem coisas sem nexo: são os bêbados briguentos, os sentimentais, etc. O que acontece com eles é que os sentimentos reprimidos no dia-a-dia “explodem” quando a consciência deixa de censurá-los, porque o receptor cerebral ficou entorpecido pelo álcool.
O bêbado sentimental é aquele que tem acumulado dentro de si motivos para chorar, mas que reprime essa vontade pela autocensura “que considera vergonhoso ou feio chorar”. Deixando de se reprimir, extravasa seus sentimentos e... chora.
O bêbado briguento é aquele que vive sempre com muita raiva mas não a expressa, pois acredita que um cavalheiro que se preza não fica zangado e nem grita à toa. Por isso, reprime o sentimento de raiva e finge serenidade mas, na realidade, está “fervendo” por dentro. Em certas ocasiões pensa em pegar objetos e atirá-los, porém, acha que tal procedimento é muito vergonhoso para um cidadão civilizado e contém-se reprimindo essa vontade. Mas tais sentimentos ficam apenas confinados, não desaparecem.
Portanto, quando se ingere bebida alcoólica, ocorre a inibição da autocensura e o indivíduo passa a dizer coisas sem sentido, a jogar objetos, a implicar com as pessoas que o cercam por motivos fúteis e a resmungar bobagens. Tal comportamento não é o resultado da bebida em si, mas dos sentimentos nutridos e acumulados na mente da própria pessoa, os quais são liberados em conseqüência do entorpecimento do cérebro.
(...)
Sua única justificativa é dizer que gosta de beber, o que não é verdade, pois o paladar só é perceptível ao gosto até os cinco primeiros copos. Depois deles, as glândulas salivares ficarão congestionadas pela substância ácida processada pelo fígado para modificar as moléculas nocivas ao organismo, causando alteração no paladar.

Bexiga
(...)
Cistite
Significa que a pessoa está inflamada em suas emoções, devido a acontecimentos que ela não consegue mudar e que a estão forçando a segurar o que precisa soltar.
Para ela, a dor de ter de soltar o que não quer perder, ou o medo de continuar, a faz sentir fortes dores quando solta a urina.
Observe o seu comportamento: Você está seguro do que está fazendo? Será que não está perdendo o respeito próprio, porque está apegado a velhos e antigos pesadelos? Pense nisso!
Seja como for, volte à sua personalidade original. Não esconda de si mesmo a coragem de largar o passado ou um aborrecimento atual. Deixe o mundo girar!

Saiba que tudo parece atacá-lo, dependendo do prisma pelo qual você olha o mundo.

Outras doenças
Câncer
(...) Todos os tumores que se formam no corpo (sarcoma, câncer, quisto, etc.) são concretizações de “tumores mentais” formados por conflitos entre pessoas da família.
(...)
Ressentimentos antigos, guardados em segredo e originados pelo medo de perder alguém ou por achar que perdeu o único amor de sua vida, fazem concretizar um câncer no órgão relacionado ao fato.
O câncer, na verdade, é “fabricado” pela mente humana por razões profundas que só o seu inconsciente conhece. É uma forma de imobilizar pessoas para seu lado, de punir alguém que o feriu profundamente, mesmo à custa de sua própria vida, ou de autopunição por nunca ter agido como deveria naquelas situações amargas.
A doença não desaparecerá enquanto o doente estiver “retendo” em seu coração mágoa e desarmonia por uma ou mais pessoas.

Muitas pessoas se curam quando reconhecem, humildemente, seus erros ou aceitam os erros dos outros, procurando entender, sem ressentimentos.

AIDS
A AIDS é considerada incurável pela medicina mas, na realidade, está no grupo das doenças de autopunição.
Indica a pessoa que não se ama e perdeu o respeito por si própria a ponto de não ver valor em nada do que faz, está descontente com tudo e todos, não se satisfaz nem profissional, nem amorosamente e vive uma vida sem atenção para consigo mesma, passando a imagem de que não vale a pena continuar vivendo.
O indivíduo que passa horas e horas futilmente, dorme pouco, ingere drogas e não consegue encontrar a felicidade, está buscando, através dessa atitude, encontrar amor pela rebeldia. A Natureza é harmoniosa e amorosa, portanto, para se ter saúde é necessário contemplar-se como parte do Universo e, então, comungar com a paz.
(...)
O sexo deve ser um veículo de trocas positivas e de alegria, não de destruição e punição. Alegre-se, pois, que a cura está dentro de você com toda força. O poder curativo da energia vital flui abundantemente através de seu corpo.

Outras doenças
Se, eventualmente, a doença que você procurou neste livro não foi encontrada, não se preocupe. Muitas doenças são curadas sem ao menos se saber os motivos da cura. Basta analisar sua conduta perante seus familiares, superiores e pessoas íntimas e descobrir com quem você está em conflito, mesmo com pessoas já falecidas.
Perdoe a todas as pessoas e saiba soltar o passado, sem ressentimentos. Descubra se você está em desarmonia com alguém ou se ainda guarda tristezas por acontecimentos do passado.
Na Sutra Sagrada Kanro-no-Hoou (Seicho-No-Ie) encontramos: “Reconcilia-te com todas as coisas do céu e da terra. Quando houver a reconciliação com todas as coisas do céu e da terra, tudo será teu amigo. Quando todo o Universo se tornar teu amigo, coisa alguma do Universo poderá causar-te dano. Se fores ferido por algo ou se fores atingido por micróbios ou por espíritos baixos, é prova de que não há reconciliação entre ti e todas as coisas do céu e da terra...”

A cura pela hipnose no século XIX
(...) Quimby aplicou o hipnotismo, experimentalmente, em diversos doentes, aos quais dava a seguinte sugestão: “Tu és filho de Deus, portanto, não tens doença”. Notou que houve curas, com ótimo desenrolar.
(...)
Quimby chegou à conclusão de que o fundamental do hipnotismo não está no fazer adormecer, mas na sugestão hipnótica, isto é, no fato de utilizar o poder da palavra.

A doença é uma modalidade de ilusão.

Aproveite a natureza para relaxar
Ande descalço sobre a terra, procurando descarregar suas tensões diárias pois somos mesmo uma antena captadora de energias e é pelos nossos pés que são eliminadas as energias negativas no plano terra.



Nosso corpo é regido por vibrações, por isso, necessitamos de boas freqüências musicais e sonoras, para manter o ritmo sangüíneo equilibrado.

do livro "A LINGUAGEM DO CORPO" de CRISTINA CAIRO


A LINGUAGEM DO CORPO (CRISTINA CAIRO)
*UMA SELEÇÃO DAS MELHORES FRASES DESTE LIVRO DA EXCELENTE ESCRITORA CRISTINA CAIRO especialmente selecionadas por Tom R. para o blog MAIS DE MIL FRASES DE EFEITO:
http://portalarcoiris.ning.com/group/menssanaincorporesan/forum/topics/a-linguagem-do-corpo-cristina-cairo-3a-parte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...