Testo


" O espírito se enriquece com aquilo que recebe;
o coração com aquilo que dá. "

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O PONTO DE CRIAÇÃO



O ponto da criação.
Duas formas de ação orientam os seres humanos a realizarem determinadas atividades e a sentirem vontades que os impulsionam a realizar algo.

A inspiração vem da fonte, e esta age a partir do amor que deseja se expressar e se expandir através das infinitas formas existentes. Ela nasce do vácuo quântico ou do campo neutro, ou seja, do nada. Esse local é atemporal, pois ele nunca nasceu e nunca morrerá, não está vindo de algum lugar e não está caminhando para nenhum outro local. Ele simplesmente é o que é, portanto o tempo é inexistente e completamente sem significado ou sentido dentro dele; e na ausência do tempo os pensamentos não existem, pois estes dependem do passado e do futuro para ganharem vida e se perpetuarem.

Trata-se de um grande silencio onde tudo nasce de acordo com a vontade do divino interior, de Deus, do Criador. Todas essas criações e manifestações nada mais são que o próprio criador experimentando a si mesmo através das suas criações divinas e infinitas no que diz respeito à criatividade, inovação e fundamento coletivo. Tudo que é criado e manifestado nesse local possui o objetivo de beneficiar a todos, e não um único indivíduo. Não é possível mensurar o nível de auto-satisfação e plenitude ao atingir esse estado em que, com total confiança e fé, a pessoa se permite estar integralmente sendo conduzida pelo fluxo, ao invés de querer controlá-lo. É nesse lugar que a abundância divina se mostra com toda sua diversidade e em todos os campos existenciais da vida.

Nesse momento os milagres começam a acontecer e grandes surpresas passam a fazer parte do cotidiano dessa pessoa. Esse é o significado do TAO e de tantas outras filosofias orientais, trata-se da ação sem ação. Isto é, abrir as mãos para poder receber as bênçãos da vida, soltar os problemas para poder seguras as soluções, renunciar ao sofrimento para permitir que a felicidade se mostre. Tudo isso significa parar de lutar contras as energias presentes e passar a usá-las como apoio para realizar aquilo que o divino interior deseja fazer.

Outra forma de ação é a que vem da programação mental vigente, e que usa o sistema de crenças para determinar o que você deve fazer e querer. Nesse local existe passado e futuro, pois as crenças se formam a partir daquilo que a pessoa ouviu, viveu e leu em seu passado, portanto ali existe todo tipo de medo, aflições e conceitos falsos que passam a exercer o filtro daquilo que você pensa que é para o que realmente é. São essas energias que o impulsiona a fazer algo ou reagir a ele, e isso só gera mais daquilo que está atrás da ação da pessoa que age pelo medo. Ou seja, desse tipo de ação o único resultado possível serão os desdobramentos desse medo e da perturbação que anda ao lado dele.

Para agir através da inspiração é necessário que a pessoa caminhe até o ponto neutro, no vácuo quântico, e essa comunicação só acontece no silêncio mental. Chegar até esse ponto é a obrigação de qualquer ser em evolução.
Experimente ficar atento aos seus pensamentos, vendo quão repetitivos e tóxicos eles são, pois somente desta forma você irá tomar a decisão de abandoná-los conscientemente. Você não pode se livrar de algo enquanto não se der conta do perigo que ele representa.

Silencie a conversa mental e repetitiva, deixando de lado as dezenas de metas estabelecidas vindouras dos seus medos, achando o ponto de equilíbrio que existe dentro da paz que é encontrada no “agora” e, como um mero trabalhador do divino interior, siga as suas instruções que virão através desses insights e inspirações, pois é a partir deste ponto em que a vida muda e passa a ter uma nova cor.

Nesse mundo tridimensional existem duas formas de agir: ou você age pelo amor (inspiração), ou pelo medo (programação), porém o resultado da colheita sempre será compatível com o da semeadura. Você pode escolher o que semear, mas não pode escolher o que vai colher.
Diogo Beltrame.

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...