Testo


" O espírito se enriquece com aquilo que recebe;
o coração com aquilo que dá. "

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

sexta-feira, 28 de abril de 2017

A LINGUAGEM DO CORPO (CRISTINA CAIRO) - 1ª PARTE



A LINGUAGEM DO CORPO (CRISTINA CAIRO)
*UMA SELEÇÃO DAS MELHORES FRASES DESTE LIVRO DA EXCELENTE ESCRITORA CRISTINA CAIRO especialmente selecionadas por Tom R. para o blog MAIS DE MIL FRASES DE EFEITO:

Pesquisadores e estudiosos sérios tentam constantemente provar a existência de outras forças atuando sobre o organismo. Sabem que em nossos vasos sangüíneos fluem propriedades semelhantes à eletricidade que os próprios médicos chamam de “Sistema Nervoso Elétrico”.
A ciência médica, cada vez mais, está admitindo que o ser humano é regido por uma espécie de eletricidade semelhante àquela que flui pelos fios de nossas casas.

O cérebro pode ser programado a acreditar somente no que é registrado no seu subconsciente.

Enquanto as pessoas buscarem a cura de suas doenças no corpo físico, continuarão soterradas sob uma avalanche de perguntas sem respostas, porque a doença não existe fisicamente, mesmo diagnosticada como existente.

O Vaticano e a Ordem Rosacruz possuem, trancados em seus cofres, os pergaminhos originais da época de Jesus Cristo, o que faz deles os grandes mestres dos “símbolos reais da salvação”. Mas, sabe-se que o Vaticano não transmite totalmente a verdade, restringindo-se, apenas, àquilo que lhe convém.

Ensinarei neste livro somente o que nos interessa sobre saúde, facilitando às pessoas a se autoconhecerem e a se conscientizarem do seu próprio poder de cura.

Você descobrirá como rejuvenescer, como melhorar sua estética, sua saúde e como realizar seus desejos através do seu inconsciente.

Passei anos de minha vida pesquisando para concluir que tudo se resume na simplicidade do pensamento. Para atingirmos nossos objetivos, pela mente inconsciente, devemos falar e agir com objetividade, criando frases curtas e direcionadas para o nosso interior. Portanto, a linguagem deste livro será sempre a mais leve possível.

Digo, com plena convicção, que o tempo não é o responsável pelas doenças e que a fatalidade não existe!
Afirmo que tudo depende do nosso próprio mundo interior, isto é, que nós geramos nesta vida o que inconscientemente achamos conveniente, independentemente de nossas vidas passadas. Tudo pode ser programado.
E o mundo é um grande espelho mágico! Atrairemos para a nossa vida aquilo em que acreditamos profundamente. Se acreditamos que determinadas pessoas são falsas e traiçoeiras, com certeza seremos atingidos por elas e, certamente, diremos: “Eu não disse? Não se pode confiar em ninguém!”. E assim nosso ego estará realizado.
Mas, se ao contrário, acreditarmos que, assim como nós, todas as pessoas buscam a felicidade, que também necessitam de compreensão, que também alimentam o medo de serem atacadas e trapaceadas, se acreditarmos que todos buscamos o mesmo objetivo e que, no final do túnel, todos procurávamos a mesma coisa, certamente seremos vistos da mesma forma e, pela lei da causa e efeito, seremos ajudados e benquistos.

Você pode ter e ser o que quiser, se conseguir acreditar que tudo é reflexo de si mesmo.

O corpo é a tela onde se projetam as emoções. E todas as emoções negativas são projetadas em forma de doenças.

O inconsciente relaciona universalmente a função do órgão a uma emoção equivalente.

A PNL estudou profundamente as reações do corpo e encontrou os canais de acesso à mente inconsciente. Assim desenvolveu uma comunicação com todas as partes do cérebro para buscar a raiz das doenças no âmbito emocional.
A PNL comprovou que, antes mesmo de um indivíduo verbalizar seus pensamentos ou sentimentos, o corpo, através do sistema nervoso, transmite movimentos musculares e oculares imperceptíveis. Essa comunicação não verbal pode trazer ao ser humano - como está trazendo - uma autocomunicação, o que quer dizer que, conhecendo-se a comunicação não-verbal própria e das outras pessoas, é possível entender os porquês de problemas de saúde ou pessoais.
Em última análise, está comprovado que através dos movimentos dos olhos, cor da pele, temperatura do corpo, ou movimentos sutis dos músculos, são reveladas as verdadeiras intenções de uma personalidade.
Ficou comprovado que doenças e infelicidades têm como causa a consciência de culpa e contrariedades profundas.

Dr. Luiz Miller de Paiva: “Muitos se perguntam como a mente é capaz de produzir doenças em outros órgãos. Simples. Basta recordar que o cérebro comanda todo o organismo por mensageiros químicos. O mesmo princípio explica como ele pode produzir alterações danosas nos demais tecidos do corpo. Mas, se a somatização muitas vezes é um mal menor, em alguns casos poderá estar na raiz de problemas sérios do caráter da pessoa”.

É possível analisar a situação familiar, profissional, amorosa, etc., de uma pessoa, apenas conhecendo sua doença.
(...) A partir desse quadro, passe a ter cautela e maior senso de observação, tanto para a sua vida particular, quanto para a vida de seus colegas e familiares. É muito importante respeitar o pensamento de reserva de outras pessoas! Portanto, se desejar conferir esse ensinamento, faça-o sem imposições e com sutileza.

Doenças, acidentes ou problemas são toques do inconsciente.

Doenças ou acidentes no lado direito (yin) do corpo:
Na mulher (yin), significam:
Conflitos com outras mulheres: mãe, sogra, patroa ou outra mulher que exerça poderes sobre suas emoções.
Autocobrança excessiva (lembre-se, o lado direito simboliza mulher).
Inflexibilidade consigo mesma.
Culpa consciente ou inconsciente.

No homem (yang), significam:
Conflitos com mulheres, ou situações problemáticas arquivadas e não resolvidas: mãe, sogra, patroa, esposa, filha ou outra mulher que exerça poderes sobre suas emoções.

Doenças ou acidentes no lado esquerdo (yang) do corpo:
Na mulher (yin), significam:
Conflitos com homens ou situações problemáticas arquivadas e não resolvidas com o sexo masculino: pai, sogro, patrão, marido, filho ou outro homem que exerça poderes sobre Suas emoções.
Pode ser mágoa, ressentimento, ódio, ciúme, sentimento de vingança secreto, etc.

No homem (yang), significam:
Conflitos com outros homens ou consigo mesmo: conflito com pai, sogro, patrão, funcionário, filho ou outro homem que exerça poderes sobre suas emoções.
Autocobrança (lembre-se, o lado esquerdo simboliza homem).
Inflexibilidade consigo mesmo.
Culpa consciente ou inconsciente.

Para que nosso corpo fique livre dessas psicossomatizações é necessário que haja uma auto-reflexão sincera e um reajuste na harmonia entre yin-yang, ou seja, devemos conhecer os motivos que outras pessoas tiveram para estar em conflito conosco.
Descubra o motivo desse desequilíbrio e reconcilie-se com você mesmo e com as outras pessoas, mesmo que elas estejam em outro plano cósmico. É importante estarmos de bem com a nossa consciência.

Apesar de surgirem cada vez mais médicos e remédios no mundo, as doenças aumentam em vez de diminuírem. Esse fato estranho deve-se à excessiva preocupação das pessoas com seu corpo. Os médicos nem sempre são culpados. Mas há aqueles que, por razões que não nos cabe julgar, levam seus clientes a acreditarem que estão realmente doentes, ou que poderão vir a ficar, caso não se preocupem com o seu corpo. Conseqüentemente a humanidade fica com o organismo cada vez mais frágil. Receitam, por exemplo, uma dieta rigorosa com base em estudos meticulosos do índice de calorias, vitaminas, etc., dos alimentos. Em vez de ensinarem aos seus pacientes a busca de seu equilíbrio emocional, transtornam ainda mais suas emoções pelo sentimento de culpa que é gerado no indivíduo ao tentar seguir rigidamente essas tabelas alimentares.
Quando as pessoas não conseguem cumpri-las por alguma razão, logo se desesperam e tornam-se ansiosas pelo nervosismo e autocobrança. E quem consegue seguir, perfeitamente, essas tabelas de calorias e vitaminas, hoje em dia? E, ainda mais, com o avanço da bacteriologia, os médicos tornaram-se muito exigentes quanto à esterilização dos alimentos, entretanto, se fervemos ou cozemos os legumes para eliminar os micróbios, será destruída a vitamina C; e se quisermos preservar essa vitamina, não poderemos eliminar as bactérias. Ficamos, pois, numa situação muito difícil. Há pessoas que, por temerem profundamente a contaminação ou intoxicação, seguem à risca todo tipo de cuidados, até mesmo perdendo sua liberdade de agir e pensar.

Se até os ”experts” no assunto divergiam entre si, que dizer dos leigos que procuravam a verdade alimentar para viver melhor? Mas, as divergências sobre a alimentação sempre existirão. Portanto, se dermos ouvidos a cada uma dessas opiniões, ficaremos realmente neuróticos.

Muitas doenças surgem devido ao sugestionamento e associação de idéias, que essas divergências de opiniões acabam provocando nas pessoas. Quanto mais nos preocuparmos com regras alimentares, maior será o medo de errar e, psicologicamente, estaremos entrando num labirinto, com a expectativa de encontrarmos uma doença em cada saída.

Não devemos ter excesso de preocupação com o que comer, porque nossa intuição natural sabe o que nosso corpo necessita. Para que tenhamos saúde, é preciso compreender que o ser humano não é feito com ”material de segunda”. A natureza criou o ser humano à sua imagem e, portanto, organizado e completo para se recuperar com a energia vital nata.

Um exemplo de influência negativa a respeito do corpo humano é induzir uma gestante às vésperas do parto, através de orientação médica e conselhos dos mais velhos, providenciar “certos remedinhos que serão necessários” para a saúde da criança. Ora! Isso mostra o quanto a humanidade está presa ao conceito de doença desde o nascimento. A criança já vem ao mundo “informada” sob os cuidados para evitar as doenças e, lamentavelmente, são poucas as pessoas que acreditam na força da energia vital, que dispensa qualquer remédio.

A liberdade de movimentos, a despreocupação com regimes e o equilíbrio das emoções traz ao ser humano a satisfação de viver e descobrir que seu corpo não precisa de nada para continuar a vibrar as energias já latentes. É a própria mente que destrói o que a Natureza cria com perfeição.

O corpo é o reflexo daquilo que acreditamos e não poderá existir doença se não acreditarmos nela.

Ver a doença e considerá-la realidade é o mesmo que considerar realidade a sombra do nosso próprio corpo refletida no chão. Ela está ali, mas é apenas um reflexo e não nosso corpo. Se sua sombra o incomoda, não lute contra ela. Descubra qual é o foco de luz que está sobre você e desligue-o. A sombra com certeza desaparecerá.

O mesmo poderá ser feito com relação à saúde. Se a doença persiste, descubra qual é a emoção negativa que você vem alimentando em seu coração e “desligue-a” de sua mente, que a somatização desaparecerá.

Seja qual for a doença, saiba que sua gravidade eqüivale à gravidade de seu sofrimento mental sobre o passado, sobre o presente ou preocupações relacionadas ao futuro.

Esses estudos foram realizados no decorrer dos últimos cinco mil anos. Portanto, quero deixar claro que não estou criando polêmicas, nem tampouco interessada em críticas. Desejo, apenas, que as pessoas se salvem de “suas doenças” e que comprovem, em si mesmas, o que comprovei em minha vida e na vida de mais de dez mil pessoas que atendi até esta data.

Pare imediatamente de julgar e criticar os defeitos alheios, pois esta é uma falha de caráter que provoca vários distúrbios orgânicos. Faça uma “forcinha” e elogie mais as pessoas.

Quando analisamos os movimentos do corpo ou o funcionamento de cada órgão, percebemos que carregamos diferentes sentimentos para diferentes movimentos do nosso corpo: o desejo de mover os dedos faz com que movamos os dedos; o desejo de expressar uma opinião faz com que abramos a boca para falar e, assim, tudo é naturalmente dirigido pelo desejo consciente de realizar algo.
Mas, existem os desejos inconscientes, que também fazem com que o cérebro impulsione energia para mover ou imobilizar partes do corpo. Como exemplo disso temos muitas paralisias musculares psicossomáticas ocasionadas por um desespero de causa e pelo sentimento de “fim de estrada”, que ocorrem quando o indivíduo percebe que não tem saída ou solução para algum problema pessoal. A tensão nervosa chega a paralisar seus membros e até a fala.

Cabeça
A cabeça está relacionada com a razão. Quando o indivíduo não permite que as emoções o guiem e tem pressa de resolver alguma questão pela própria razão, precipitam-se problemas ou acidentes em sua cabeça. Seu inconsciente está lhe mostrando que, por mais inteligência que possua, a cabeça tem limites.
Tumores no cérebro indicam não só pensamentos negativos, “coagulados” e enraizados pela teimosia em não querer mudar esses conceitos, mas também conflitos profundos e constantes entre os familiares. Quando estes tumores ocorrem em crianças, eles indicam que os pais, que são yin e yang, estão em atrito extremamente racional. Buscam a própria razão, acreditando teimosamente em fatos antigos e negam-se a renovar seus conceitos. Isto vale ainda para atritos e conflitos ou ressentimentos guardados de avós, mesmo já falecidos.
Sentimentos repentinos de traições devidos à desconfiança e falta de emoção afetiva para com pessoas estranhas causam também rigidez cerebral e tumores.
Muitas vezes a educação familiar programa a criança no sentido intelectual. Negam-lhe o direito de ser criança e proíbem-na de ser livre para escolher. Tratam-na sempre de forma a desenvolver o máximo de seu raciocínio através de jogos, de estudos avançados e de conversas com adultos. Vestem-na impecavelmente e as suas amizades são sempre do melhor nível econômico ou intelectual possível. Isso faz com que a criança não se conheça interiormente e os problemas emocionais futuros serão para ela sensações inexplicáveis e desesperadoras.
É importante saber que as crianças refletem os sentimentos dos pais até os 14 anos de idade - até os 7 anos refletem as emoções da mãe e até os 14 anos refletem as emoções do pai.

É perdoando, renovando e dando à sua mente uma abertura maior para aceitar idéias de outras pessoas que qualquer tumor desaparecerá e que você estará livre de acidentes e ferimentos na cabeça.

A revolta, a desconfiança e a falta de dedicação aos superiores provocam doenças na cabeça.

Ninguém nos agride, nos trai, nos abandona ou nos rouba, sem que tenhamos, consciente ou inconscientemente, provocado tais comportamentos. Mesmo em se tratando de acontecimentos vindos de pessoas estranhas, nosso poder de atração é o responsável por isso.

É difícil entender como podemos “ser semelhantes” às pessoas que nos fazem mal.
Sempre temos algo em comum com quem nos faz infeliz. Se abandonarmos o sentimento de vergonha, os preconceitos e o orgulho, encontraremos estreitos laços com esses acontecimentos ou com essas pessoas.

Quando a doença não desaparece, nós sabemos que a pessoa não perdoou.

Se você ignorar o acontecimento e olhar a outra pessoa com carinho e bondade, sentindo o coração livre e com esperanças renovadas, saiba, então, que você perdoou verdadeiramente.
De nada adiantará rezar e suplicar pela cura se seu coração está bloqueando a energia vital, mantendo vibrações opostas ao bem.

Doença não existe! Saúde é o estado normal das pessoas!
Doença é apenas uma nuvem de mau tempo dentro de sua cabeça que perdura enquanto perdurar sua mágoa, seu ódio, seu medo, etc.

Faça como as crianças que vivem aquilo que imaginam como se fosse real.

Se você não sabe perdoar, também não é digno da saúde que procura!

Enxaqueca e dor de cabeça
Os indivíduos que sofrem de enxaqueca têm um orgulho muito forte e não permitem que pessoas autoritárias mandem em sua vida ou controlem seus passos. Resistem a tudo e a todos que, conforme eles acreditam, queiram invadir seu espaço vital. São pessoas que não relaxam aos prazeres, pois receiam serem dominados de alguma forma. Normalmente têm medo do sexo ou de suas conseqüências, devido a limitações morais, familiares, etc.

Quando surgir uma dor de cabeça, pare e reflita sobre o que está acontecendo ao seu redor. Será que alguém ou alguma situação contrariou você? Ou talvez você tenha se sentido desconsiderado(a) por alguém um tanto importante de quem você esperava maior consideração.

Seja o que for, pense sobre a sua própria conduta e veja o quanto você está sendo inflexível consigo mesmo(a) e com os outros. Aceite docilmente o que aconteceu e se proponha a mudar o seu caminho através de seus ideais e você vai ver como a dor irá desaparecer. Acredite que qualquer dor de cabeça é sinal de um orgulho muito forte, conforme já expliquei, e para acabar com ela é preciso modificar os seus pensamentos exatamente no momento da dor. Tudo é uma questão de exercício e de flexibilidade. Tente, pelo menos uma vez, acabar com a dor sem o auxílio de remédios. Esqueça o medo e apenas reconheça o quê ou quem contrariou você e desarme-se procurando uma boa maneira de mudar sua vida para melhor.

Veja alegrias em ambientes que você não gosta de freqüentar e não resista à contrariedade que o fez entrar neste ambiente. Experimente se soltar e se divertir mais, em vez de negar e criticar as opiniões diversas das suas. Lembre-se de que sua carência e seu desejo de receber amor e carinho aumentam quanto maior forem a sua inflexibilidade e o seu orgulho. OK?

Derrame cerebral
É sinal de um gênio difícil e reflete uma pessoa que prefere a morte a ter de mudar seu comportamento, que resiste, rigidamente, em suas opiniões, crenças e condutas. O derrame mostra que a pessoa vive tensa e teimosa em suas observações e críticas e constantemente atrita com outras pessoas, sobrecarregando seu cérebro com pensamentos e emoções fortes.
Não queira ser o dono da verdade! Solte esse “método” de conseguir a atenção das pessoas para si.

Não é somente o mundo que necessita de mudanças: você também necessita. Não é demérito para ninguém aceitar, humildemente, idéias e opiniões de familiares e de amigos. Somos amados pelo nosso carisma e não pelos atritos que criamos. Não é possível que você aprecie o sentimento de dó que as pessoas passarão a sentir por você! Cresça e deseje ser feliz com seus próprios sonhos e liberte as pessoas para que sigam seus caminhos, como prova de seu verdadeiro desprendimento e confiança.

Epilepsia
É o extremo da confusão mental. É uma espécie de paranóia na qual a pessoa sente-se perseguida e completamente assustada com a vida, não conseguindo mais sentir as satisfações que o mundo lhe oferece porque está sempre rejeitando a vida.
Muitos ataques de epilepsia são causados quando a pessoa perde o controle dos sentimentos e sua cabeça começa a gerar pensamentos negativos. Ela sente vontade de fugir para acabar com tudo que a assusta.
Elogie as pessoas, diga frases alegres e carinhosas, pense sempre no melhor e aja com calma em suas decisões e opiniões.

Olhos
Se sua visão enfraqueceu e você já não consegue ler ou enxergar como antes, ou mesmo se você trouxe essa deficiência desde o nascimento, está na hora de refletir sobre seus pensamentos e atitudes passados. Consulte o “arquivo” das emoções e procure aquele sentimento de recusa e inflexibilidade em acreditar que tudo pode mudar.
Provavelmente, algum fato, ou a própria vida o feriu, fazendo com que você prefira não ver tal ou tais coisas ou pessoas que o fizeram sofrer.
Você diz que já esqueceu o problema e que até já perdoou. Entretanto, seu inconsciente não mente e você pode estar sendo vítima de sua consciência orgulhosa. Há muitas maneiras de “negarmos” a visão:
- quando estamos em estado de depressão constante;
- quando um fato desagradável em família nos “cega” de raiva ou ressentimento;
- quando passamos certos momentos, em nossa vida, que não nos agradam, ou teimamos em não ver o outro lado das questões;
- ou, mesmo, quando não queremos mais cruzar com a pessoa ou situação que nos atormentam, etc.
Para exemplificar, vou contar um fato.
Certa ocasião, conversando com uma mulher que havia perdido a visão repentinamente ouvi dela que ficara cega do olho esquerdo por causa do rompimento do nervo óptico - segundo diagnóstico dos médicos. Perguntei-lhe há quanto tempo o fato havia acontecido. “Há cinco anos”, respondeu-me. Passei, então, a fazer-lhe novas perguntas para que eu, através de suas próprias respostas, pudesse auxiliá-la em sua reabilitação.
Perguntei-lhe se guardava mágoa de alguém ou não queria ver algum homem que lhe fizera tanto mal. Ceticamente respondeu-me que não tinha problemas com homem algum. Resolvi ir mais fundo e direto na questão: perguntei-lhe qual o fato marcante que lhe ocorrera há cinco anos... envolvendo algum homem.
A essa pergunta sua reação foi imediata: deixou vir à tona suas emoções escondidas. Era o que eu buscava. Ressentida, revelou-me que naquela época seu pai havia falecido e que isso fez com que ela sofresse muito. As cenas descritas e a seqüência de detalhes sobre a morte de seu pai mostraram-me que carregava em seu coração o trauma de sua perda. Disse-lhe, então, que enquanto ela não perdoasse o pai por tê-la deixado e não passasse a aceitar os acontecimentos da vida com compreensão e gratidão, sua vista não voltaria ao normal.

É muito fácil para a mente restaurar um nervo óptico! Difícil é mandar uma mensagem simples e direta para que ela trabalhe objetivamente, pois a mente consciente desconhece que a comunicação com a mente subconsciente deve ser clara e simples.
Todo e qualquer esforço no sentido de exteriorizar a força interior através de rituais, alegorias, frases longas, orações, etc., esbarra na dificuldade da realização total, ou seja, quanto mais complicamos a mensagem que deve ser dirigida à mente subconsciente, menos ela assimilará o objetivo que você deseja.
Ela responde com maior rapidez às frases simples, curtas, objetivas, firmes (positivas) e coerentes com as emoções.

Para sua mente inconsciente, basta pensar com emoção e crença para que ela se manifeste psicossomaticamente ou através do ambiente em que vivemos.

Basta ser coerente com o pensamento-emoção e lá estará, trabalhando imediatamente como o “gênio da lâmpada”, realizando todos os seus desejos.
Queira ver! Deseje ver! Faça amizade com seu ego e elimine a vaidade extrema, o orgulho, o medo, que “proíbem” o ser humano de ver o que tem de ser visto.
Pare de se incomodar com as coisas feias da vida. Pare de comentar a parte feia do mundo, o que há de errado na política, na família e com os amigos e colegas. Observe o mundo, veja como ele sobrevive pelas coisas boas e aprenda a conviver com as más, usando-as como experiência e ferramenta para cavar mais fundo a jazida das coisas boas do seu coração.
Não é criticando o lado ruim das pessoas que você fará com que elas mudem. Pelo contrário: é elogiando suas boas intenções e seus pequenos atos corretos que as fará melhorar. Todo ser humano deseja ser elogiado e tende a não aceitar críticas, proibições e não melhora, às vezes, por simples orgulho ferido.

Tudo aquilo que pensamos torna-se realidade, mais cedo ou mais tarde. Então pense somente em coisas boas.

Miopia
(...) pessoas míopes não conseguem aceitar fatos e determinados acontecimentos que saiam fora do alcance de sua crença. Normalmente enxergam “curto” quanto a determinados problemas e nunca reconhecem que são radicais em suas posições.

Os míopes, por não se deixarem envolver por idéias adversas, concentram-se no que sabem fazer e, naturalmente, entendem muito bem do assunto a que se dedicam.

A miopia manifesta-se em pessoas egocêntricas que não se importam com os outros ou não aceitam facilmente opiniões alheias. Na verdade são pessoas que possuem uma visão muito estreita do mundo e enxergam somente seus próprios problemas particulares e vêem apenas os aspectos imperfeitos das pessoas e coisas. Miopia é vista curta.
Solte-se para a vida e veja como você pode crescer ainda mais e abandonar, definitivamente, os óculos sem precisar de cirurgia.

Hipermetropia
Os hipermétropes não conseguem focalizar objetos muito próximos.
(...)
Pessoas com este tipo de problema têm medo do presente. Poucos percebem este fato porque o presente lhes passa despercebido. Na verdade vivem das sensações do passado, preocupando-se com o futuro. O indivíduo que não toma decisões rápidas, está sempre vivendo o futuro e não se dá o direito de aproveitar o presente torna-se hipermétrope como reflexo de seu modo de pensar.
(...)
A hipermetropia é o reflexo da mente que só consegue ver longe, isto é, de quem vive se preocupando com fatos e coisas referentes aos outros e se descuida de si mesmo.
Descuidando-se de si mesmo a pessoa não percebe o que se passa ao seu redor e, como reflexo disso, pode ter uma anomalia casual que consiste na dificuldade de ver objetos próximos.
Pessoas com esse problema têm tendência a se incomodar com assuntos alheios e com coisas que não lhe dizem respeito. Portanto, mude sua atitude mental para que possa restabelecer a visão das coisas que estão perto. Inteligentemente, busque o equilíbrio entre cuidar dos outros e cuidar de si próprio. Entendeu?

Estrabismo
Muitas crianças nascem estrábicas e seus pais, obviamente, se preocupam em levá-las ao oculista para resolver o problema através de cirurgia ou de correção com lentes próprias. Mas o fator principal que acarretou esse defeito nos nervos oculares da criança é a desarmonia entre seus pais. Quando o casal diverge, rigidamente, de opinião, não admite erros do parceiro e vive uma vida de emoções extremas, causa um reflexo psicológico no subconsciente do filho que está para nascer. Pensamentos cruzados dos pais provocam verdadeira declaração de guerra e isso acaba projetando o estrabismo na criança, como símbolo dos propósitos divergentes dos pais.
A própria criança traz consigo determinadas indecisões que a atormentam. Normalmente, crianças estrábicas são seres muito sensíveis espiritualmente e tanto podem tornar-se pessoas com inteligência acima do padrão normal ou pessoas revoltadas e propensas a serem revolucionárias.
Muitas destas crianças nascem canhotas e percebem a vida de forma diferente das outras. Por isso os pais devem harmonizar-se para que a criança possa canalizar todo seu potencial para um caminho saudável. (...)
O que quero dizer é que a criança, no ventre da mãe, percebe inconscientemente os problemas que estão do lado de fora de seu mundo; sente uma certa impotência e revolta, que fazem com que ela “não queira ver” o que está acontecendo.

Quanto mais você se aceitar e dirigir sua vida, sem se deixar ferir com as opiniões dos outros, colocando atenção num objetivo “seu”, mais rápido seus olhos voltarão ao normal. Acredite!

Presbiopia e arteriosclerose
(...) A dificuldade para ver, com nitidez, objetos próximos é a manifestação da mente aflita e preocupada com o que o futuro lhe reserva. No caso de idosos esta dificuldade reflete a preocupação com os anos que lhes restam nesta existência e a dificuldade em viver plenamente o agora. Eles vivem aflitos tal qual o viajante que, seguindo pela estrada ao entardecer, preocupa-se com o caminho que ainda terá de percorrer. Se essas pessoas deixarem de temer o futuro e passarem a viver, plenamente, o agora, ficarão curadas da presbiopia. A presbiopia é, também, reflexo da mente rígida, ou seja, mente teimosa e intransigente, incapaz de acolher as opiniões dos outros.
(...)
A arteriosclerose também é um resultado dessa forma de pensar, pois é conseqüência do endurecimento das artérias que deveriam ser flexíveis.
(...)
Você que está sofrendo de presbiopia, lembre-se de viver o agora com mais intensidade e prazer e aprenda que a Natureza nos criou para sermos eternamente jovens. A mente humana, envolvida por acontecimentos desagradáveis, é que se deixa envelhecer, endurecendo seu coração.
Queira ver tudo ao seu redor e não tenha medo do futuro, pois ele será, sempre, o reflexo daquilo que acreditamos.

O desejo, às vezes vaidoso, de usar óculos, para parecer intelectual ou mais importante, aciona qualquer defeito visual para que você tenha, realmente, motivos para usá-los!

Daltonismo
É próprio de pessoas que têm a mente egoísta e cheia de caprichos. É a mente que não consegue acolher com imparcialidade “todas as cores”, que não acolhe com imparcialidade todas as pessoas e todas as coisas.
O daltonismo representa a manifestação da mente rebelde que não aceita os conselhos dos mais velhos ou de autoridades e indica uma pessoa que se irrita por coisas fúteis e passa a implicar com os familiares, amigos, etc.

Olhos Vermelhos
Significam “irritação” com o que você está vendo ao seu redor e que você está convivendo com pessoas que o contrariam e que vivem com padrões de felicidade diferentes dos seus. Você não é obrigado a conviver com aquilo que seu coração não deseja. Aprenda a aceitar a solidão, pois o tempo é o nosso melhor amigo.

Sentimento de revolta contra pessoas mais velhas: patrão, sogro, sogra, pais, marido, esposa, irmãos mais velhos, ou pessoas que ocupam posição mais elevada, provocam doenças que se manifestam na parte superior da cabeça. Você já parou para pensar o quanto você ainda depende deles? Ou o quanto você quer impor-lhes a sua verdade? Ou o quanto você não aceita a verdade das outras pessoas?

Conjuntivite
Significa que você está se frustando ou com a vida em geral, ou com um fato em particular. Tente solucionar essas coisas com paz em seu coração e não com essa raiva embutida. Lute pelos seus ideais de forma amistosa e paciente, acreditando que no tempo certo, você se realizará.

Ouvidos
Se alguém que convive com você o aborrece constantemente, fala o que quer e o que não quer, diz o tempo todo o que você deve fazer, controlando-o, reclama de tudo que você faz, grita no seus ouvidos coisas que o magoam e você perde seu espaço em seu próprio ambiente (ufa!!!), sem dúvida sua mente ficará congestionada de pensamentos como: “Não agüento mais ouvir essa pessoa, não suporto mais suas tolices, não quero mais ouvi-la, etc.” Com isso seu inconsciente entrará em ação para atender o seu pedido e entenderá, literalmente, sua ordem mandando-lhe uma surdez como resposta.

Mesmo que você se afaste definitivamente da pessoa que o irrita, sua mente inconsciente não voltará atrás, pois, para restaurar-lhe a audição, ela precisará de uma outra ordem com a mesma intensidade emocional que a anterior.
(...)
Para isso você deverá ser coerente e sincero consigo mesmo. De nada adiantará uma outra ordem, se nos arquivos de suas emoções estiver registrada a “mágoa de ouvir”. Primeiro aprenda a perdoar. Sejam seus pais, marido, esposa, mãe, patrão, etc. Se você acha que tem razão de sobra, então dê um pouco à pessoa que o magoou.

Nosso cérebro se assemelha a um computador: tudo que for registrado em sua memória permanecerá, até que se mude a programação.

Se a surdez for de nascença, pode ter acontecido que seus pais não queriam “se ouvir” e discutiam teimosamente.
A criança, até tornar-se dona de seu próprios pensamentos, é reflexo dos pais e devido a isto ela é, muitas vezes, vítima da desarmonia existente entre eles. Sabemos entretanto que é no mundo espiritual que a criança faz, inconscientemente, a escolha de seus pais, fundamentada pela semelhança de vibrações. Quando ela se tornar adulta, deverá reconhecer esse fato e buscar compreender a situação, trabalhando seus pensamentos e conduta em direção à cura.

Não há necessidade de criar sentimentos de culpa ou de acusação contra seu cônjuge, pois estamos, exatamente, buscando juntos um caminho de harmonia e de reconciliações. Além do mais, todo sentimento de resistência causa mais distúrbios.

Labirintite
A labirintite significa pensamentos atrapalhados, nervosismo reprimido, o efeito de um golpe emocional, a necessidade de liberdade para pensar e agir, a sensação de falta de amor, sentimento de solidão, dificuldade para expressar-se, estar tonto com tantos problemas emocionais, sentir-se desamparado e teimar em continuar tentando pelos velhos caminhos que nunca deram certo. Pare de tentar achar a saída!

Nariz
O nariz é o símbolo do Eu. Pessoas que sofrem de doenças do nariz têm tendência egocêntrica e presunçosa. Assemelham-se às crianças de até seis anos de idade. Nessa idade, elas não vivem em grupos e, se estão em alguma rodinha de crianças, com certeza estão brincando sozinhas, com seus próprios brinquedos, falando “sozinhas”, e ficam iradas quando se tenta fazê-las participarem de equipe ou aceitar idéias externas às delas.
Os problemas nesta região acontecem quando o indivíduo corre atrás de méritos e ignora opiniões alheias só para não perder os elogios, e quando existe o medo de não ter os seus feitos reconhecidos.
Nesses casos acontece que o seu inconsciente obstrui suas narinas, mostrando-lhe que você não está “respirando” a vida livremente. A obstrução pode ser do tipo pólipo nasal, rinite, sangramento, etc.
O sangramento ocorre também devido aos seus sentimentos de carência relacionados à incompreensão das outras pessoas. O sangramento simboliza ainda que você chegou ao limite de suportar as tristezas de sua vida e tem vontade de chamar a atenção de quem possa ajudá-lo.

Sinusite - Rinite
Sinusite é um sinal de que seu ego está profundamente irritado com alguma pessoa que convive com você. É provável que esta pessoa tente constantemente invadir seu espaço vital.
Sinusite é a “inflamação” mental relacionada com alguém próximo; é a atitude mental rebelde ou a rebeldia nutrida contra os pais.
(....) o nariz representa a nossa sensibilidade quanto à aceitação ou recusa de algo ou de alguém.

Os verdadeiros sábios são aqueles que procuram sempre aprender, ao contrário dos presunçosos, que acreditam saber mais do que os outros.

Para que a sua sinusite desapareça definitivamente, torne a sua mente dócil e receptiva, acolhendo as palavras dos pais ou autoridades, sem opor resistência.

Coriza
Ocorre em pessoas extremamente sensíveis, que acham que só se pode conseguir o que se quer se alguém o permitir. Você, que tem coriza, cresça e pare de sentir-se como criança chorosa e vá à luta. Com lágrimas você não vai a lugar algum. Tenha vontade de criar suas próprias coisas e sentir prazer por elas e com elas.

Boca
Pela boca é que saem os pensamentos em forma de palavras.
Se você é daqueles que dizem palavras rudes, que ferem o coração de outras pessoas, criticam os outros às escondidas, não aceitam novas idéias, são inflexíveis quanto às suas próprias opiniões, são ásperos ao falar e principalmente não reconhecem esse comportamento em si mesmos, então, como projeção de sua conduta, você terá sérios problemas: surgirão aftas, feridas dentro e fora da boca, herpes e outros males que o ferirão assim como suas palavras ferem a outros.
(...)
Discipline-se para conversar e perca o hábito de “falar mal” dos outros.
Se sua intenção é a de ajudar, então comece destacando as boas qualidades das pessoas, comentando sobre elas, com elogios. Deixe que o mal desapareça por si só. Quando não damos atenção ao mal, ele torna-se insignificante perto das coisas boas que focamos com nossa visão.
(...)
Assim como a boca, o ânus também simboliza a ”saída”. Portanto, o comportamento acima citado provoca fístula anal, hemorróidas, prolapso anal, hemorragia anal, etc.

Garganta
A garganta simboliza a fala. É o canal de saída daquilo que você pensa. Sua expressão e criatividade são reconhecidas através desse canal. Portanto, se algo o impede de falar, se o que você tenta expressar não é compreendido ou o que o incomoda não pode ser dito, saiba que sua garganta responderá com uma inflamação.
As dores de garganta expressam seus sentimentos contrariados. Tudo aquilo que bloqueia a nossa fala e nos obriga a ”engolir sapos”, trará inflamação das amídalas, problemas nas cordas vocais e até silêncio total da voz, simbolizando o pensamento: “Já que não posso falar o que quero, não falo mais”.
Aprenda a livrar-se do medo de falar. Expresse suas opiniões, seus desejos, seus desgostos e crie ao seu redor uma atmosfera de liberdade para viver. Você não é obrigado a fazer o que não quer, portanto, reaja! Liberte de dentro de você aquilo que o incomoda e busque o novo em sua vida.
(...)
Diga firme e calmamente o que você pensa sobre tudo e, com certeza, sua garganta ficará totalmente curada.

Tosse
Representa a raiva que “não sai da garganta”.
Se você está vivendo um problema com alguém para quem sua opinião não vale nada, se alguma pessoa o está deixando constantemente furioso e é impossível confessar-lhe essa raiva, ou se você está sendo obrigado a aceitar uma determinada situação contra sua vontade, sua garganta ficará congestionada e sensível.
Os pigarros demonstram a tensão nervosa por estar emocionado com algum acontecimento, sem entretanto poder demonstrar esses sentimentos. O mesmo pode-se dizer das tosses incessantes. Os acontecimentos que desencadeiam tosses ou pigarros são, muitas vezes, sentimentos e pensamentos rápidos e secretos de incômodo relacionado a algum ambiente, assunto ou pessoa.
Em certas ocasiões, o importante é relaxar, respirar e analisar, calmamente, a situação. Enquanto você estiver supervalorizando o acontecimento, suas emoções serão fortes e desequilibradas.

Cabelo
Calvície
Os cabelos nascem na parte superior da cabeça, que é o ponto mais alto do nosso corpo. A queda de cabelos acontece àqueles que desrespeitam seus superiores, seja por palavras, seja pela conduta ou mesmo porque os ignoram.
(...)
Pessoas que desejam brilhar e se destacar muito têm tendência a se tornarem calvas, pois tornam-se extremamente orgulhosas.
Existem dois fatores muito fortes que causam a calvície: a tendência a controlar tudo (não podendo ser contrariado) e um orgulho fortíssimo que chega a cegar. Há também o caso das pessoas hipersensíveis que se magoam com atitudes, até sutis, de outras pessoas e costumam guardar esse ressentimento no coração por muito tempo ou... para sempre!
Aqueles que vivem inconscientemente sempre se defendendo de ataques imaginários e, como defesa, fazem acionar suas glândulas sebáceas, causam maior oleosidade no couro cabeludo e costumam ser vítimas da calvície.
(...)
Quanto à afirmação de que a calvície é um problema hereditário, o que posso dizer é que o que é transmitido de pai para filho não é o problema em si, mas o temperamento atávico que se desenvolve pela educação. Em outras palavras o que acontece é que o pai traz consigo uma crença que despeja inconscientemente em seu filho, inclusive através de atitudes.
(...)
É cômodo aceitar que a verdade da calvície está na natureza humana.
A natureza humana é perfeita! Nós é que, por falta de conhecimento, agimos na defesa ou no ataque, provocando sérios danos ao nosso organismo.
(...)
No caso de pessoa calva, o ataque acontecerá no alto da cabeça, porque é ali que se encontram os superiores que “atrapalham” o brilho dessa pessoa. Assim, com a queda dos cabelos que simboliza a queda da hierarquia, os poderes pessoais e os agentes químicos terão cumprido a missão de “tirar” do caminho os que estão “acima”.
(...)
Quando os cabelos caem isto é um sinal de que está faltando gratidão pelos pais e superiores e que você questiona tudo que lhe mostram de “novo”.
Quanto à personalidade, você vive, quase sempre, nos extremos da emoção: é dócil mas, de repente, por causa de uma discussão com alguém, ou por ter sido desprezado, torna-se totalmente agressivo. Às vezes tem vontade de quebrar tudo à sua volta e “arrancar” a raiva de seu coração. E sofre com seus próprios pensamentos de vingança e justiça.
(...)
Pare de se preocupar com o que os outros vão pensar e liberte-se desse orgulho, aceitando, com carinho, as opiniões alheias.
(...)
Sempre haverá alguém mais importante do que nós em nossa escala de vida. Somos eternos estudantes e, por isso, devemos ser humildes para valer e aprender a voltar atrás gentilmente, quando errarmos ou acharmos que alguém errou em relação a nós.
(...)
Acredite que, para a força vital fazer renascer seus cabelos, basta abrir as portas do amor infinito e do perdão.
(...)
Use determinadamente a força de sua imaginação e crie um novo EU sem mágoas e com muitos cabelos.
(...)
Confie plenamente em sua capacidade, mas saiba abaixar a cabeça em qualquer circunstância e deixe seu poder espiritual falar por você.
(...)
A pessoa muito orgulhosa além de perder os cabelos ainda fica propensa à arteriosclerose como reflexo da inflexibilidade mental.
(...)
Os grandes sábios escutam os pequenos discípulos, pois é através das perguntas simples que o sábio analisa seu próprio conhecimento.

É gostoso mudar. Mude seu comportamento e seu corpo responderá com saúde. Acredite!

Coluna vertebral
Quando uma criança nasce com problema de coluna ou desvio de vértebras é porque a desarmonia familiar vem de muitas gerações. É o tipo de família que necessita de apoio espiritual e psicológico, pois as estruturas estão cada vez mais abaladas de pai para filho.
(...)
Desvio da coluna significa que a pessoa tem medo de tomar decisões importantes porque teme perder ou magoar alguém. Ela está normalmente lotada de responsabilidades, sendo que a maioria dessas responsabilidades não deveria ser sua. Costuma assumir tarefas dos outros e, com isso, suas costas ficam sobrecarregadas.
(...) essa pessoa tem sempre dúvidas e não confia plenamente no futuro.
(...) sua coluna foi projetada para suportar você, e não o mundo.

Vértebras lombares
A região lombar também significa dificuldade financeira, insegurança quanto ao futuro profissional e insegurança quanto a contas a pagar no futuro.
Outra explicação para os problemas nesta área está ou no bloqueio dos prazeres sexuais ou no seu extremo oposto (abuso sexual).
(...)
As pessoas que não se dobram documente para as outras enrijecem esta região.

Resolvendo os problemas de coluna
Antes de mais nada comece organizando sua residência. É importante você sentir-se bem onde mora. Saiba que as condições em que a sua casa se encontra são um reflexo das condições de seu estado de espírito. Faça uma limpeza geral em seu guardaroupa. Desfaça-se de coisas velhas e sem uso para você.
Reformule seus objetivos sem medo e pergunte-se: “O que gosto mais de fazer?” “É esse o tipo de vida que quero levar?” “O que vou sentir se tomar uma decisão no amor?” “Para onde irei ou o que farei depois das minhas decisões?”. Seja qual for o tipo de decisão que você deva tomar, procure ser objetivo e corajoso. Mude de vida e acabe com essa guerra interna de se achar responsável pela vida das pessoas que convivem com você.

Articulações
As articulações simbolizam a gratidão no relacionamento humano e facilidade para compreender as mudanças obrigatórias no seu rumo. Quanto mais natural e confortador for seu jeito de aceitar a vida com suas atribulações e mudanças repentinas, mais saudáveis serão suas articulações. Quem não sente gratidão e alegria pelas coisas simples, que tanto as outras pessoas quanto a Natureza lhe proporcionam, não reconhece, docilmente, os favores e gentilezas que lhe dedicam e não percebe a grandiosidade de cada gesto, por menor que seja, está sujeito a ter problemas nas articulações, e principalmente na articulação da coxa com o quadril (cabeça do fêmur) que simbolizará a avareza e a mente inflexível e apegada. Portanto, quanto mais você for compreensivo e flexível com as atitudes alheias, melhores e mais livres serão as suas articulações. Articule-se com sabedoria.

Artrite
Representa um coração cheio de críticas e ressentimentos por pessoas que não valorizam seus esforços. Pessoas com esse tipo de inflamação são as que, às vezes, perdem tempo questionando, em pensamentos, os porquês das atitudes das pessoas. Não conseguem sentir que são amadas e geram conflitos de carência.

Cotovelos
Correspondem às surpresas da vida quando precisamos mudar de caminho, mas resistimos porque achamos que ainda não é necessário. A resistência a mudanças e movimentos causada por dúvidas quanto à posição a ser tomada, gera cotovelos rígidos ou inflamados, simbolizando rejeição pelas coisas novas ou, simplesmente, que a pessoa não consegue acreditar que o novo será bom.

Entorses
Acontecem quando a pessoa torna-se teimosa e recusa-se interiormente a seguir uma direção que não lhe agrada, ou quando sente raiva por não poder mudar, de uma vez, determinada situação que a arrasta para caminhos contrários ao que deseja. Significa, também, rigidez de pensamento e confusão mental: a pessoa pensa em muitas coisas ao mesmo tempo, atordoando-se e causando o desequilíbrio, literalmente falando.
Ao se aperceber desse seu estado de espírito, reaja em sentido inverso: acalme-se e pense cuidadosamente na decisão a ser tomada com referência àquilo que o perturba. Assim você evitará surpresas desagradáveis, com tombos ou entorses.
O segredo para não torcer as articulações está na concentração dos pensamentos numa só direção e na desaceleração da ansiedade e do pensamento.

Hérnia de disco
Significa que a pessoa está profundamente indecisa quanto à sua vida. Sente-se totalmente desamparada e seus pensamentos a deprimem, pois impossibilitam que ela encontre saída para essa situação. A hérnia de disco é a forma de impedir a articulação da coluna. Ela mostra, simbolicamente, o quanto a pessoa se sente “amarrada”, o quanto os movimentos estão presos e essa dificuldade é gerada porque a apoio necessário para a movimentação não é encontrado. Então, simbolicamente, isso ocorre quando a pessoa não recebe apoio de alguém, no momento em que mais precisa.

Inflamação (-ite)
Para sua melhor compreensão quanto à análise de determinadas doenças, saiba que todas aquelas que terminam em “ite” significam inflamação: artrite, tendinite, etc.

Joelhos
Simbolizam suas atitudes para com você mesmo, no presente.
(...) Pessoas que não conseguem aceitar opiniões alheias, e agem como crianças para defender seu espaço, mostram que precisam amadurecer mais para poder compreender novas formas de se defender contra aqueles que se lhe opõem. Faltar com respeito para consigo mesmo deixando de realizar seus objetivos ou suportando todas as contrariedades, domésticas ou profissionais, também não é uma maneira correta de comunicar-se. A anulação pessoal só acontece quando a pessoa não conhece outros meios de se expressar e acredita que já tentou de tudo para mudar uma situação desagradável que a aflige. Se você se sente ferido em seus sentimentos e em seu orgulho porque está fazendo coisas que contrariam seu verdadeiro modo de ser, se está se desrespeitando ao forçar uma situação por não saber como corrigi-la e vive com o coração repleto de críticas e desapontamentos, saiba que seus meniscos, ligamentos e ossos do joelho serão afetados. Eles irão inflamar e poderá até ocorrer estiramento ou rompimento dos ligamentos, mesmo que seja provocado por algum acidente. Nós somos conduzidos, cegamente, pelo nosso inconsciente, para o bem ou para o mal, conforme o que acreditamos ou pensamos constantemente.
As pessoas que não se dobram aos outros e teimam em sustentar as suas opiniões acabam somatizando um joelho que não dobra, que não flexiona e é extremamente dolorido.
A análise de nossa conduta mais secreta é, realmente, um trabalho difícil que requer sinceridade e lealdade com relação a nós mesmos. Para revertermos o quadro de doenças, dores, etc., para a saúde e a felicidade, devemos reconhecer nossas emoções diárias e não somente nossos pensamentos, para que possamos trabalhar na mudança do nosso interior.

Ombros
Simbolizam tudo que carregamos de responsabilidade e qualquer inflamação nessa área significa que os nossos superiores, ou as pessoas que exercem alguma autoridade sobre nós, não estão reconhecendo o nosso esforço, não elogiam nosso trabalho, tomam para si idéias nossas, criam conflitos desnecessários, não colaboram conosco e, ainda, negam que estejam nos causando qualquer infortúnio.
(...)
Se seus ombros estão inclinados para frente é porque estão se sentindo sobrecarregados e vítimas da fatalidade. Solte-se plenamente e acredite que, da mesma forma que você conheceu seu potencial, assim outras pessoas - pais, filhos, marido, esposa, etc. - também necessitam exercitar-se a fim de desenvolverem suas capacidades. Incentive-os positivamente mostrando-lhes as qualidades que possuem, mas que ignoram.
Quanto mais esperança você tiver, mais seus ombros se corrigirão.

Pulsos
É sinônimo de frustração porque, no momento em que você mais precisou provar os seus conhecimentos, não conseguiu manejar satisfatoriamente as suas experiências. Quando a pessoa acredita que domina o que aprendeu, mas, em determinadas situações, sente-se perdida e encurralada, os seus pulsos passam a doer.
Sabemos que existe a síndrome dos digitadores (em informática), que é associada ao tipo de trabalho que exercem. Mas, na verdade, os sintomas só acontecem quando estes profissionais tentam mostrar o melhor de suas possibilidades profissionais, mesmo sem ter muita experiência. Muitas vezes estas pessoas vêem a atividade que desempenham apenas como um meio de sobrevivência que não traduz as suas verdadeiras expectativas para a realização profissional. Com isso acabam dificultando o manejo das experiências em sua mente.
(...)
Os pulsos apenas avisam que precisamos confiar em nossos conhecimentos e assumi-los, com modéstia e eficiência.
(...)
Ignore o seu ego. Afinal, onde está escrito que você tem que acertar sempre? Nós estamos no mundo para aprender e é por isso que erramos.
(...)
Encare tranqüilo as mudanças, já que elas só aparecem para trazer mais conhecimentos. Viva sua vida como você gosta, mas vá com calma buscar sua liberdade de pensamento. Agradeça tudo e a todos, profundamente, e seja mais dócil e flexível.

Tornozelos
Tornozelos com problemas mostram que a pessoa não está conseguindo seguir seu caminho com convicção, que se sente impedida de agir e torna-se inflexível a ponto de provocar várias entorses ou rompimento de ligamentos.
Tornozelos inchados significam que o fluxo dos seus pensamentos está bloqueado por medo ou ira contra os opositores.

Ossos
Simbolizam a estrutura e a formação da personalidade. Quando uma pessoa resiste, rebeldemente, à autoridade dos pais, chefes, marido, esposa, etc., rompe a harmonia do relacionamento e, inconscientemente, provoca fraturas ósseas significando “quebra de relacionamento ou da autoridade alheia”.
(...)
Seja flexível se for preciso e cumpra humildemente com as suas responsabilidades porque é só assim que você saberá conhecer os verdadeiros objetivos dos superiores. Saiba ceder e aprenda a argumentar com inteligência. A rebeldia e a resistência provam que você não tem confiança em sua própria personalidade. Quem se garante não se intimida e nem se rebela, mas procura resolver os problemas com seus opositores pacientemente.
Quando você conseguir manter a calma profunda, reconhecer que as opiniões opostas às suas serão boas para você ampliar seus conhecimentos e que existe tempo para tudo se realizar, então certamente os seus ossos ficarão resistentes a qualquer choque, pois refletirão uma conduta flexível e, ao mesmo tempo, forte.

Se você vive em ambiente onde recebe ordens contra sua vontade, procure verificar se seu comportamento não está demonstrando aparência de irresponsável e fazendo com que seus superiores “peguem no seu pé” constantemente. Cuide de suas coisas com carinho. Respeite o espaço dos outros e saiba responder calmamente às perguntas que lhe são feitas, sem ofender-se nem se alterar.

Ossos deformados
Eles mostram a pressão mental que a pessoa está sofrendo.
Quando a criança nasce com uma deformidade óssea, está querendo dizer que seus pais vivem sob pressão da família ou de outras autoridades.

O pensamento é força criadora e é você quem escolhe como quer viver daqui para a frente.

Dentes
Problemas nos dentes simbolizam indecisões. As crianças que são educadas sob pressões contraditórias e repressões e que vivem ao mesmo tempo protegidas demais e ameaçadas sob chantagens de uma autoridade rígida sentem as suas opiniões anuladas e crescem desenvolvendo uma personalidade dividida, não sabendo tomar decisões rápidas. Estão sempre em dúvida quanto ao que fazer, mas procuram não aparentar essas indecisões, devido às cobranças de seus pais ou superiores. Esse conflito interno torna-as, geralmente, perturbadas e confusas. Se, ao realizar um trabalho ou uma prova escolar, o professor ou superior se aproximar, será o bastante para que a criança se atrapalhe, erre e queira desistir.
(...)
É assim que essas pessoas ficam por muito tempo apoiadas em alguém - principalmente em pessoas autoritárias e mais determinadas - o que é um mecanismo de compensação para as suas incertezas.
Os dentes, que simbolizam as decisões, sofrem abalos, nascem encavalados, fracos, e, com o tempo, serão afetados por cáries, representando invasão de opiniões em sua vida privada.
(...)
Tome decisões por você mesmo e acredite que elas serão corretas, pois a vida nos ensina através de nossos erros. Portanto, perca o medo e a vergonha de errar.
(...)
Procure dar mais atenção às suas qualidades, valorize seus conhecimentos e habitue-se a tomar decisões sozinho. Comece dentro de sua própria casa, com suas roupas, comida, mudança de posição dos móveis, etc. Quanto mais você se acostumar a tomar decisões rápidas e seguras sem se arrepender depois, menos problemas terão os seus dentes.

Fraturas
Toda fratura mostra inflexibilidade da personalidade, resistência exagerada a “ceder” opiniões ou coisas materiais e se revolta contra alguma autoridade. É uma forma simbólica de romper com a autoridade de quem o tolhia.

Braços
Quando alguém, que possui certa autoridade sobre nós - mãe, esposa, patroa, etc. - nos proíbe a realização desses desejos ou provoca a anulação de nossa personalidade, através de chantagens, imposições, ou críticas, é gerado um conflito interno que irá projetar um acidente no braço direito, ou dores estranhas ou uma doença como reflexo dessa desarmonia. Da mesma forma, se o conflito for relacionado ao pai, patrão, sogro, etc., surgirá então, como projeção, um problema no braço esquerdo.
(...)
Se você leitor está em conflito consigo mesmo, poderá ter problemas no seu braço esquerdo (que simboliza o lado masculino), e, se você leitora estiver em conflito consigo mesma, logo, o seu braço direito mostrará a você essa desarmonia, pois o lado direito do corpo simboliza o lado feminino.
(...)
Os sentimentos de raiva, mágoa, insatisfação, etc., mais cedo ou mais tarde, serão somatizados em forma de doenças ou acidentes.
Liberte-se dessa sensação de impotência e acredite em você. Mova-se, tranqüilamente, em direção aos seus sonhos e não pense que os aparentes obstáculos serão definitivos, pois eles podem servir de degraus para você subir ainda mais com seus planos. Saiba que é impossível que algo o derrube de seus bons pensamentos e procure ser flexível com as idéias alheias.

Tudo o que nos acontece de bom ou de ruim tem de alguma forma o consentimento da nossa vontade.

Mãos
Mãos feridas significam dores e dificuldades relacionadas com o que estamos trabalhando ou a que estamos nos dedicando. É uma forma de mostrar os atritos com aqueles que pretendem nos irritar ou anular os nossos trabalhos ou afazeres.
Devemos tocar, pegar ou transportar tudo com carinho e harmonia.

Acalme-se e não tenha pressa em obter resultados, pois tudo tem seu tempo certo para acontecer, mesmo que demore um pouquinho mais. Acredite!

Dedos
Dedo indicador
Esse dedo ferido significa que você está acusando, consciente ou inconscientemente, alguém que lhe causou algum dano ou mágoa. Se o dedo for o da mão direita, você estará acusando uma mulher e se for o da mão esquerda você estará acusando um homem.

Dedo médio
Ferimentos nesse dedo significam problemas com sua sexualidade: insatisfação, repúdio, raiva, mágoa, etc. A insatisfação pode ser tanto em relação ao seu parceiro quanto dirigida a você mesmo.

Dedo anular
Ferido, mostra que seu desejo de união perfeita com o cônjuge está abalado, isto é, que as suas expectativas de futuro com alguém estão se tornando negativas ou perturbadas.

Dedo mínimo
Representa a família e tudo o que gira em torno dela. Se seu coração está amargurado, pressionado por problemas familiares; se estão lhe causando aborrecimentos; se suas pretensões relacionadas à família estão sendo invalidadas; se você tem medo de constituir família e, por alguma razão, pretende ficar só, saiba que seu dedo mínimo sofrerá com esses conflitos... por medos.

Dedo polegar
Suas preocupações intelectuais estão necessitando de organização, pois estão causando confusões com os outros e com você mesmo. Deixe de teimosia em algumas tentativas. Relaxe! Seu ideal profissional pode ser conciliado com sua vida pessoal.

Dedos dos pés
Seus significados eqüivalem à mesma leitura corporal dos dedos das mãos, mas mostram nossas preocupações com os detalhes do futuro.
A preocupação sutil e desconfortável, gerada em nosso interior pelo medo de aborrecimentos futuros, nos causa dores e acidentes nos dedos dos pés. Portanto, na primeira topada, pare imediatamente com essas reclamações e conflitos para não aumentar a carga negativa que recairá sobre seus dedos.

Unhas
As unhas são cascos de proteção de nossos dedos e simbolizam aqueles que nos protegem (nossos pais). Pessoas que roem unhas estão, inconscientemente, querendo dizer que têm raiva de um dos pais. A rebeldia e a mágoa que guardam no coração é tão profunda que, mesmo após a morte dos protetores, esse sentimento continua registrado em seu subconsciente.
Normalmente se diz que pessoas que roem unhas são nervosas e estão sempre inquietas: é porque estão guardando ressentimentos profundos pela educação recebida e os transferem para seu consciente na forma de insatisfação, ansiedade, depressão e raiva de coisas insignificantes do seu dia-a-dia.

Escolha seu próprio caminho e decida segui-lo sem mágoas e sem ódio daqueles que o contrariaram, pois o mundo pertence a todos e cada um tem seu espaço reservado e protegido pela natureza. Descubra seu próprio espaço e veja que não existem motivos para tanta tensão e amargura. Ame-se e trate de ser feliz!

Unha Encravada
Simboliza tensão e excesso de preocupações com a própria individualidade e uma grande necessidade de segurança dentro do ambiente de atuação ou familiar. Indica alguém que não quer demonstrar fraqueza e sente raiva por não ser compreendido e que, apesar de fugir das emoções, perde-se nelas, deixando que cheguem a extremos (é o desequilíbrio). Uma pessoa assim precisa sentir-se apoiada e fica nervosa quando os outros desconfiam de sua índole ou de suas verdadeiras intenções. Desconhecendo sua própria capacidade, torna-se indecisa... tem medo de errar e não confia nas pessoas. Normalmente quem tem unha encravada tem um dos pais, ou alguém igualmente influente, que é superprotetor.
(...)
O medo secreto é uma constante nas pessoas com unhas encravadas que estão mostrando desta forma que precisam se “encolher” ou “fugir” para dentro de si mesmas com o intuito de evitar “invasões”.

Pernas, pés e seus problemas
Pernas
As pernas simbolizam o nosso caminho: são elas que nos levam para onde decidimos ir.
Problemas nas pernas significam que seu caminho pode não estar correto ou que está sendo bloqueado por alguém ou uma situação complicada. Normalmente, quando estamos em conflito, com dúvidas ou rebeldia por não querermos mudar de caminho, nossas pernas somatizam, de alguma forma, esse desequilíbrio emocional.
A parte superior (coxas) rege o passado. Simboliza, portanto, sofrimentos e traumas da infância que seguramos no coração; mágoas do passado que, por alguma comparação inconsciente, estamos revivendo no presente; sentimentos antigos que não nos permitem tomar decisões. Todo pensamento ou emoção que estão nos impedindo de prosseguir abrem brechas para acidentes, problemas vasculares, dores ou qualquer outra doença nesta parte do corpo, como forma de comunicação entre o inconsciente e o consciente.
A parte inferior (perna) rege o futuro, pois é ela que se move, primeiramente, para articular as outras partes. Se você está com medo do que possa lhe acontecer no futuro e evita tomar decisões importantes ou sente-se ameaçado por ter de ir em frente, suas pernas, certamente, terão problemas. Ferimentos externos também são respostas do inconsciente, que é uma extensão das forças energéticas do Universo.
Se seus pensamentos estiverem fortemente confusos, gerando indecisões e conflitos a ponto de você não conseguir controlar-se, poderá ocorrer desequilíbrio das pernas ou entorses nas articulações.

Lembre-se: problemas do lado direito são o resultado do conflito com uma mulher e problemas do lado esquerdo significam conflitos com um homem.

Se sua panturrilha (barriga da perna) é fina, é porque precisa ser mais corajoso e enfrentar seus medos. Vá em frente, impulsione-se para frente, no futuro, sem precisar do apoio alheio.

Varizes
Simbolizam que o fluxo dos pensamentos está prejudicado pela revolta de estar sobrecarregado. A pessoa que não suporta o lugar onde está, fazendo, prolongadamente, coisas contra sua vontade, frustrada e irritada por não conseguir se realizar, bloqueia o fluxo da vida, como símbolo de rejeição contra o que está vivendo. Surgem, então, micro-vasos (vasinhos), varizes e até flebite. Isso mostra pensamentos perdidos, assim como aparentam as veias sob a pele. Quando alguém não tem coragem ou iniciativa de mudar a situação indesejada em que vive, normalmente culpa os outros por estar infeliz. Portanto, problemas nas veias também significam acreditar que é obrigado a ficar onde está, sem poder reagir.
Mulheres que não desejam mais ser donas de casa e estão saturadas, pessoas que vivem na dependência de outras e necessitam ser independentes, alguém que trabalha em algum lugar que já não suporta mais, ou mesmo alguém que não consegue se estabilizar por mais que tente. Esses são apenas alguns exemplos do que representam as varizes.
(...)
Literalmente falando, as varizes são como um mapa onde existem milhares de estradas que podemos seguir. Não fique preso num labirinto. Ouça seu coração e aja.

Pés
Quaisquer problemas nos pés simbolizam que a pessoa não está esclarecida quanto aos rumos a seguir.
(...)
De qualquer forma, todo ferimento ou dores que ocorrem nos pés, simboliza pessoa que reage de maneira infantil, frente a certos problemas e não consegue perceber que está sendo imatura. Quanto mais você “soltar” as pessoas e os acontecimentos e não se deixar influenciar pela pressão de pessoas autoritárias e ansiosas, mais seus pés se tornarão resistentes e firmes. Caminhe no seu “tempo”, mas persista com seus planos. Cresça!

Pele
Análise da pele
Nossa pele representa a proteção da nossa individualidade.

Manchas na pele
Significam que, de alguma maneira, estamos nos sentindo ameaçados. Quando temos dificuldade em transmitir nossos pensamentos e não conseguimos nos fazer entender, elas aparecem no rosto e indicam as “manchas” na nossa comunicação.
O medo de ter seu espaço vital invadido provoca ansiedade no indivíduo e, conseqüentemente, a liberdade se torna limitada. O organismo reage com manchas por todo o corpo e, dependendo de onde elas surgirem, será possível saber qual é o problema emocional.

Manchas brancas nos braços
Significam conflitos internos com a sogra, irmãos ou cunhados; são também um sinal de que a pessoa não se sente amada ou se sente ameaçada por eles que poderão impor limites em seu mundo pessoal ou em sua individualidade.

Alergia na pele
Alergia significa que a pessoa está vivendo momentos de irritação com pessoas próximas e que atrasam seu desenvolvimento pessoal e profissional. Quando ela se vê obrigada a fazer o que não gosta, persuadida por pessoas de quem depende de alguma forma, surgirá, com certeza, coceira incessante significando o desejo inconsciente de “arrancar” aquilo que incomoda profundamente.

Rosto inflamado
São características de uma pessoa insatisfeita e revoltada. Qualquer tipo de inflamação no rosto simboliza a mágoa e a raiva de ter sido bloqueada por superiores, ou seja, por pessoas que tenham autoridade sobre elas.

O rosto simboliza o que pensamos sobre o nosso ambiente. Quando pensamos e sentimos somente coisas feias sobre o comportamento das pessoas que estão à nossa volta, aparecem manchas, espinhas e inflamações na pele do rosto. Ao contrário, se pensarmos e sentirmos somente coisas boas sobre o comportamento alheio, procurando compreender as razões das outras pessoas, o rosto espelhará uma fisionomia suave, jovem e bonita.
Isso vale para acidentes no rosto também.

Espinhas e furúnculos
Significam acreditar nas coisas feias da vida e mostram que a pessoa guarda no coração acúmulos da “podridão do mundo”. Sente raiva de si mesma e está sempre desconfiada. Famílias que educam as crianças procurando mostrar as coisas feias da vida para que possam aprender a se cuidarem sozinhas, provocam espinhas e furúnculos, como manifestação da “sujeira” registrada em seu subconsciente.
Por outro lado, também uma educação com o intento de afastar todas as tristezas do mundo, para poupar a criança de sofrer antes da hora faz com que ela, já adulta, não saiba suportar os problemas que advirão.
(...) Em tudo que fazemos deve haver um meio-termo para que os dois pólos energéticos do Universo estejam em harmonia.
(...)
Ache-se uma pessoa bonita e ame as pessoas pelo que elas são, pois elas, como você, estão apenas procurando ser felizes. (...) tenha calma para com outras pessoas, principalmente com sua família e sua pele será tão macia como seu espírito.
(...)
Assuma de uma vez o fato de que só você é que pode corrigir sua imagem e passe a ter um novo aspecto físico.

Verrugas
Verruga simboliza o acúmulo de momentos de ódio, por viver com o coração desconfiado e sempre atento para com as coisas feias do seu ambiente. Dependendo de onde estiverem as verrugas, será possível identificar de onde vem a raiva e o que você acha feio ou maldoso.
Sabendo analisar corretamente, elas servirão como guia para as mudanças dos seus pensamentos. Exemplo: verruga sobre o dedo médio significa conflitos sexuais com parceiros que nunca o compreenderam, mágoas no relacionamento sexual por não poder expressar seus verdadeiros medos ou anseios; achar que os relacionamentos são sempre duvidosos para o seu futuro e, ainda, ter pensamentos ou sentimentos contra a sua própria sexualidade ou seu relacionamento. Muitas vezes pode ser relacionado com o passado que você não perdoou e que lhe trouxe desilusões profundas.
O mais importante não é arrancar a verruga com algum instrumento ou remédio, mas sim entender seu significado para se auto-ajudar e corrigir seus passos. Com o seu coração livre dessas idéias velhas e feias, as verrugas desaparecerão automaticamente.

Rugas
Simbolizam as marcas da vida. Cada linha tem sua história na mente de quem as cria. Por exemplo: quanto mais achamos a vida cansativa, mais linhas aparecerão no rosto e quanto mais vemos o mundo envelhecer, mais envelhecemos.
Para não termos rugas é necessário primeiro acreditar que a paz de espírito é responsável pela beleza da alma e do corpo. Não permita que emoções pesadas entrem em você, pois elas farão você tensionar os músculos do rosto sem que perceba. Isso deixará marcas que só desaparecerão com cirurgia plástica. Suavize as emoções profundamente, e faça projetar no rosto a beleza da paz.
Acredite na eterna juventude de sua pele e saiba que cada pensamento de tristeza e ódio refletirá em sua face, somatizando linhas. Em compensação, amar profundamente as pessoas, animais e tudo do céu e da terra, deixará você cada vez mais com "cara de bebê”.
Não basta amar a tudo, é preciso também não enxergar os problemas da vida como uma tragédia. Não supervalorize os acontecimentos, porque é a nossa maneira de acreditar neles que dá vida aos problemas. O que para alguns é terrível, para outros é apenas normal. Nós vemos as situações conforme as imagens que criamos em nosso mundo interno: um mesmo problema é visto sob várias formas por pessoas diferentes, pois também as suas experiências são diferentes. Portanto, sorria alegremente sem medo de criar rugas, pois quem as cria é a sensibilidade exagerada para as coisas desagradáveis.

Evolução
A filosofia oriental afirma que a necessidade reencarnatória faz com que escolhamos a família que nos auxiliará em nossa evolução. A escolha é feita pela vibração de nossa alma, pois a energia dos semelhantes encontra-se por todo o Universo. Portanto, se você nasceu com deformidades causadas pelo tipo de conduta de seus pais e antepassados é porque decidiu vir por eles e jamais alguém terá culpa pelos seus problemas. Agradeça a seus pais, onde quer que eles estejam, porque lhe deram a oportunidade que você pediu para sua desintegração cármica.

Só quando compreendermos que “tempo” não existe é que saberemos esperar com alegria o que desejamos, pois a ansiedade acontece quando achamos que o tempo passará tão rapidamente que não conseguiremos realizar nossos sonhos, ou que a velhice chegará sem que tenhamos conquistado a felicidade almejada.

Rejuvenescimento
Quando você deixar de se preocupar com o tempo, as suas cédulas continuarão reproduzindo-se normalmente. Mas, se você viver contando cada mês e cada ano de sua vida, notará que tudo acabará gerando cansaço e que tudo em seus pensamentos desmoronará, projetando no mundo físico aquilo em que você acredita.
Saiba que a velhice, assim como o tempo, é uma ilusão.
Para que os seres humanos pudessem controlar seu sistema de vida e compreender “o movimento das estrelas”, “a noite”, “o dia”, e milhares de outros fatores cíclicos, o homem pré-histórico necessitou criar referências que foram sendo desenvolvidas lentamente, através do resultado mental gerado pela observação e pela vivência.
O “Tempo e Espaço” não são realidades materiais e sim um produto da consciência humana. A organização de toda uma sociedade é feita de “Tempo e Espaço”, que são conceitos ilusórios. Desde a mais remota antigüidade os seres humanos tentaram analisar o tempo e o espaço e assim criaram normas que todos foram seguindo igualmente, visando a uma estruturação de referências.
Os sistemas de medição de tempo foram criados pela necessidade de organizar uma estrutura de referências e não com a finalidade de iludir a mente humana.

Os astrônomos babilônicos dividiram o ano em 365 dias e um quarto, o dia em 24 horas e cada hora em 60 minutos. Foi assim que eles estabeleceram o calendário “lunar-solar”, o que nos possibilita controlar nossa idade e não nossa velhice.
A mente exerce o controle de nossas células e é por isso que elas perdem ilusoriamente a energia quando estamos psicologicamente cansados de “lutar” pela vida ou com medo do “tempo passando”.

(...) podemos conduzir nossas emoções da forma que desejarmos, e, conseqüentemente, o funcionamento do nosso organismo também pode ser conduzido através do desejo. Basta conhecermos a força do efeito dos pensamentos usando-os de maneira decidida e correta, acreditando no amor, na beleza, na juventude e na saúde.
Na Bíblia está escrito: “Seja-te feito conforme crestes”.

Pessoas que debocham ou criam polêmicas sobre esse assunto são exatamente as que desconhecem seu próprio potencial e, por não estarem atualizadas quanto a essa prática, pensam que nós, estudantes das leis naturais, ainda vivemos no mundo da fantasia ou da ficção, por acreditarmos que a vida se constrói com nossos pensamentos e crenças.

Acredite que seu corpo e seu rosto fazem parte de uma unidade cósmica que desconhece o “tempo e o espaço”.


do livro "A LINGUAGEM DO CORPO" de CRISTINA CAIRO
http://portalarcoiris.ning.com/group/menssanaincorporesan/forum/topics/a-linguagem-do-corpo-cristina-cairo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...